Home / SIC / SIC. Comunicado oficial sobre o caso ‘Miguel Castro’

SIC. Comunicado oficial sobre o caso ‘Miguel Castro’

Miguel Castro esteve em três programas da SIC em menos de um ano, e o mais recente foi a 27 de Setembro no Programa da Cristina [Ferreira].


O CM revelou que ele foi detido pela PJ e está a ser investigado por abusos de uma menina de 13 anos. As declarações dele estão disponíveis aqui.

A SIC acaba agora por admitir que recebeu essa informação.

“Miguel Castro foi um dos inscritos no casting do programa ‘O Carro do Amor’, tendo participado como um dos concorrentes. Este programa terminou em março e nunca até essa data a produtora Fremantle ou a SIC foram contactadas por alguém com informação sobre o concorrente.


À semelhança do que fez com outros candidatos ao ‘Carro do Amor’, o programa ‘Júlia’ convidou o concorrente Miguel Castro, num programa emitido a 16 de abril. Também por essa data, nem a produtora Fremantle nem a SIC receberam qualquer contacto sobre o convidado.

A 27 de setembro, ‘O Programa da Cristina’ convidou Miguel Castro, com base na sua história de vida: terá vivido uma infância sem amor e pautada por maus-tratos. Depois de ter sido retirado ao pai e à madrasta (que, segundo o próprio, o atirou pela janela), morou um ano no hospital e, mais tarde, passou por duas instituições.


No seu procedimento habitual antes do programa, ‘O Programa da Cristina’ contactou uma das instituições e a madrinha dele, numa delas, confirmou a história, que levou a avançar com o convite de Miguel Castro para o programa.

Nesse dia, 27 de setembro, e só depois de ‘O Programa da Cristina’, o atendimento da SIC foi contactado por uma telespectadora, que referiu que o convidado Miguel Castro estava indiciado por pedofilia.

Desde que recebeu esse e-mail, a equipa de ‘O Programa da Cristina’ investiga o tema para perceber os contornos da acusação e se existe matéria editorial para algum conteúdo adicional no programa”.