Gossip

Prisa em GUERRA diz que vai tomar “todas as medidas” para forçar Cofina a comprar a TVI

A Cofina, sociedade que detêm os órgãos de comunicação como CMTV e Correio da Manhã, anunciou em comunicado que já não vai comprar a Media Capital, dona da TVI.


Durante os últimos meses, muita tinta correu sobre a possibilidade deste negócio se concretizar, mas agora, o grupo liderado por Paulo Fernandes anunciou que o aumento de capital para atrair 85 milhões de euros não conseguiu colocar o total de ações previsto, sendo esse o motivo da desistência. (aqui)

Acontece que a espanhola Prisa quer forçar a Cofina a fechar o negócio da compra da TVI. Na visão da Prisa, «a decisão da Cofina de cancelar o aumento de capital representou uma violação do acordo de compra e venda da Media Capital que tinha sido assinado entre os dois grupos».


O comunicado enviado à CMVM pela Média Capital (assinado pela Prisa) refere que “de acordo com as declarações feitas pela Cofina no acordo de compra e venda e em comunicados aos mercados, a Cofina tinha os compromissos necessários para financiar a quantia requerida para completar a transação, de um lado por instituições de crédito e, de outro, pelos principais acionistas da Cofina no montante necessário para dar cobertura ao aumento de capital”.

“À luz do referido, a companhia vai iniciar a partir desta data todas as ações disponíveis contra a Cofina no prosseguimento do acordo de compra e venda”, conclui a empresa.


Tags

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close