Manuel Luís Goucha e o fim da sua carreira “Vou ter de deixar a ribalta”

Manuel Luís Goucha que anda sempre a criticar a imprensa, acaba por dar entrevistas às revistas que critica. Agora falou do fim da carreira.


As pessoas essencialmente agradecem a alegria e eu sou muito feliz a fazer televisão. Não se mente em televisão. Eu estou nas manhãs das pessoas há 30 anos e sem parar. Essencialmente pedem isso, que não deixe de ser quem sou“, revelou.

Quando o contracto acabar com a TVI garante que “depois logo se vê”.  “Garantidamente, se tudo correr bem, eu tenho um contrato de mais três anos para cumprir com a TVI. Não faço tenções de romper com este contrato.”

“Eu estou feliz a fazer televisão, eu sou feliz. Eu sou feliz a fazer televisão, eu sou feliz porque tenho a vida que quis para mim”, acrescentou.


No futuro pensa em fazer outras coisas e principalmente no Alentejo onde tem a sua herdade. Irá estar empenhado no negócio do azeite, o negócio dos cavalos, etc.

“Eu não penso muito em termos de futuro. Penso que um dia vou ter de abrandar e vou ter de deixar a ribalta. Tranquilamente, porque eu tenho outros projetos e outras coisas para fazer, nomeadamente no Alentejo. Tenho outros negócios. O negócio do azeite, o negócio dos cavalos…”