Home / Geral / Juiz norte-americano multou-se a si próprio

Juiz norte-americano multou-se a si próprio

Raymond Voet, juiz de Michigan, nos Estados Unidos, multou-se a si próprio depois do telemóvel tocar em plena audiência. Raymond, conhecido por exigir o “modo silêncio” em tribunal, retira sempre os telemóveis a polícias e testemunhas quando os aparelhos tocam durante as sessões. O tribunal de Michigan tem mesmo imensos cartazes a avisar que telemóveis que causem ruído serão retirados e todos os aparelhos são confiscados antes das audiências.


[wp_bannerize group=Geral random=1 limit=1]

[wp_bannerize group=Geral3 random=1 limit=1]

A meio de uma audiência na sexta-feira passada, o “smartphone” do juiz começou a emitir sons, pedindo comandos de voz. Raymond pensou ter desligado o telemóvel e afirma que se tratou de uma situação embaraçosa. No final da sessão, saiu da sala para pagar a multa de 25 dólares (aproximadamente 19 euros).

Raymond pensou que o seu telemóvel nunca iria tocar em pleno tribunal e, como tal, disse que merecia ser punido.

via JN