Geral

Covid-19: Profissionais de saúde obrigados a deixar apartamento no Funchal

O Jornal da Madeira dá conta que dois profissionais SESARAM tiveram de sair da casa onde estavam devido aos moradores se sentirem desconfortáveis.


Os profissionais estão na linha da frente no combate ao Covid-19 no hospital dr. Nélio Mendonça, e estavam num apartamento há uns dias, cedido por uma empresa que explora o espaço como Alojamento Local.

Alguns moradores ao se aperceberem que estavam ali dois profissionais que estão em contanto com doentes com Coronavírus, mostraram o seu descontentamento.

Resultado: eles tiveram de sair lá, mas foi a mesma empresa que cedeu o espaço a encontrar a solução. Foram para outra casa.

O SESARAM comunicou a situação internamente e está a ser visto como exemplo de desumanização de alguns cidadãos.


Tags

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close