Home / Shark Tank Portugal / Cenário de Shark Tank Portugal muito elogiado apesar da fortuna gasta

Cenário de Shark Tank Portugal muito elogiado apesar da fortuna gasta

O Shark Tank Portugal tem sido elogiado pela sua cenografia a nível internacional. Os custos na sua construção terão sido uma verdadeira fortuna com o objetivo de aproximar o máximo possível ao formato americano.

O cenário do programa da SIC traduz uma adaptação quase integral do formato americano.  Paulo Sousa, professor da unidade curricular de empreendedorismo no ISCTE, foi o responsável pela chegada do programa a Portugal através da criação da produtora Blue Pipeline. O professor define como objetivo “fazer do empreendorismo um desporto nacional”.

O professor defendeu em declarações ao Sol o cenário que foi conseguido com de 700 m2: custou um balúrdio. “Os executivos da Sony, quando vieram cá, nem queriam acreditar“, uma vez que a adaptação do cenário está muito idêntica ao formato americano transmitido na ABC. A Sony dirigiu ainda um convite aos produtores italianos de Shark Tank para acompanharem a produção portuguesa. Depois de Portugal, o Shark Tank terá a sua segunda adaptação europeia.

O produtor executivo Paulo Sousa Marques referiu-se ainda à qualidade dos projetos apresentados: há seis meses, entre os 500 problemas que imaginei que pudéssemos ter, nunca me passou pela cabeça que um deles fosse serem apresentados projetos bons demais.