Gossip

Ângelo Rodrigues ansioso pela estreia de documentário sobre recuperação

A SIC vai emitir um documentário sobre a recuperação de Ângelo Rodrigues, que esteve internado durante cerca de dois meses, entre agosto e outubro do ano passado.


Em declarações a uma revista semana, o ator mostrou-se ansioso pelo momento da estreia.

Irá para o ar quando o Daniel Oliveira assim o entender… E quando eu estiver recuperado a 100%. Estamos a terminar o documentário”, começou por explicar numa entrevista recente que deu à revista Telenovelas.

Ainda não revi essas imagens, mas creio que será emocionante até para mim ver o estado em que estava nos primeiros dias, de muletas, e o processo todo”, rematou.

Recorde-se que Ângelo Rodrigues esteve internado durante cerca de dois meses, entre agosto e outubro do ano passado.


View this post on Instagram

Ele pegou no seu síndrome de pequeno poder e exerceu-o em mim com toda a legimitidade. Afinal de contas, eu tinha feito inversão de marcha num traço contínuo na esperança que ninguém visse. A minha cara estava da cor do semáforo, vermelha como a de um inglês que tenta reavivar a adolescência com muito sol e copos na rua da Oura, no Algarve. • Sabia que tinha feito asneira quando ele fez as apresentações iniciais. Aquela lengalenga inicial estabeleceu bem os nossos papéis sociais e vi logo que ia ser um jogo difícil de controlar. Ele nunca me olhava nos olhos e não era timidez. Eu era o cachorro arrependido por ter feito uma festa da espuma com as almofadas da sala. Era a criança virada de costas para a parede na sala de aula, enquanto a turma gozava o meu constrangimento. Mas o ambiente mudou quando ele olhou para mim. • Disse que acompanhou a minha história junto da mulher, e que eu tinha sido tema em algumas das suas preces. "Não se posso dar ao luxo de cometer erros", frisou ele. "Traços contínuos incluídos", gracejou. Reforçou a aula de etiqueta e bons modos de condução automóvel, fazendo-me prometer que traços contínuos são para ser respeitados. Portanto, documentos check; seguro check; sermão de santo antónio aos peixes check. • A questão é que de repente sou eu que começo vê-lo com outros olhos. Calma, não há romance. Estou a preparar uma personagem para apresentar nas tábuas da Casa do Artista a meio deste mês e ainda lido com questões de insegurança e auto-boicote. Tenho um sargento assertivo para encontrar e ainda estou sem GPS. O que eu sei é que a meio da nossa conversa vi toda a autoridade que precisava para minha personagem ali à minha frente. Não pediu licença, não pediu para entrar. Apenas apareceu à hora marcada, no semáforo marcado. E assim fui bebendo daquela autoridade até ele perdoar a multa e me deixar seguir caminho. Fui embora com a certeza de que teria uma história para contar, assim como ele. E claro que lhe prometi dois bilhetes para a estreia e agora somos migas forever.

A post shared by ᴬᴺᴳᴱᴸᴼ ᴿᴼᴰᴿᴵᴳᵁᴱˢ (@angelorodrigues_oficial) on

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo