Home / Casa dos Segredos 5 / Teresa Guilherme: “Este grupo não é o mais violento”

Teresa Guilherme: “Este grupo não é o mais violento”

[wp_bannerize group=”pub” no_html_wrap=”1″ random=”1″ limit=”1″]

A Teresa Guilherme faz um balanço da primeira metade da Casa dos Segredos 5 e adianta que a «Casa» tem de ser sacudida.

A conhecida apresentadora diz que agora é que existe o numero ideal para se jogar, quando se tem muitos é complicado, e é nesta altura que a história muda. No entanto acha o grupo muito novo, e não se conseguem destacar “andavam sempre em grupo, as pessoas conhecem o grupo e não ficaram com paixão a nenhum concorrente“. Os portugueses pro exemplo conhecem a Agnes, Odin ou o Pedro, mas mais pela negativa.

Elogiou ainda a Vânia e a Inês, fazem falta à «Casa» e diz novamente que quando disseram no estúdio “foi manipulação” eu isso é um completo disparate“. Ainda assim acha que esta edição não é a mais violenta, em outras alguns concorrentes passavam horas no confessionário a ouvir musica para se acalmarem [Wilson, Marco. Ricardo], “vocês é que não vêm“. Ela acha que o Daniel e a Liliana gostam realmente um do outro, são é muito novos, mas fazem um par muito giro. Já o Bruno irá ser sempre um malandro. Acerca do Odin e Daniela considera que “aquilo” não via dar em nada, mas no que toca ao Ricardo e Elisabete, vai dar sumo [a habitual aposta nos casais]. Ela acha que jovem instrutora de Zumba é a típida concorrente finalista de 5º lugar, e o Fernando que irá sair a poucos dias da final.

[wp_bannerize group=”pub” no_html_wrap=”1″ random=”1″ limit=”1″]