Gossip

Soraia Tavares REVOLTADA “uma vez passei-me porque me chamaram de Djaló”

Esta tarde, foi transmitido mais um ‘Conta-me como és’, da TVI, que desta vez teve como convidada a participante da última edição de ‘A Tua Cara Não Me É Estranha’, Soraia Tavares.


Em conversa com Fátima Lopes, a artista recordou os tempos de escola, onde era sempre a “única preta da turma” e confidenciou que as crianças são cruéis.

“Lembro-me que uma vez passei-me porque me chamaram de Djaló e queriam instituir que eu ia ser o Djaló da turma, ou seja, ia ser a minha alcunha. Eu passei-me. Mas não sinto que vivi muitas situações de racismo, já vivi algumas, mas senti sempre que ao mesmo tempo os meus colegas gostavam de mim, nunca me puseram à parte. Quando fui para a escola de teatro foi quando senti ainda mais valorizada a questão de ser preta” revelou acrescentando que as pessoas diziam adorar o seu tom de pele.

“Durante muito tempo, mais do que hoje até, sentia que era uma mais valia nas audições eu ser preta. De alguma forma, se calhar por não sermos muitas, em teatro musical principalmente, fui a muitas audições em que eu era a única e isso destacava-me” confidenciou apesar de sentir que nem sempre foi uma mais valia.

“Na televisão, ou no papel, está lá escrito especificamente que aquela personagem é negra ou acho que não… se aparece uma Joana qualquer não se lembram de mim logo. Sinto muito isso. Espero que seja da minha cabeça” rematou.


https://www.youtube.com/watch?v=ildMnTrQGrk

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo