Shark Tank Portugal

Shark Tank Portugal: Negócio de Rosalyn Silva já arrancou

[adrotate banner=”15″]

O Shark Tank Portugal tem tido vários negócios que têm sido falhanços totais. Alguns dizem que vendem patentes pendentes, mas elas não existem, outros dizem que são negócios únicos no mundo, mas é mentira ou o caso mais recente da atleta Simone Fragoso que levou a um tubarão a desistir.

No entanto o negócio de Rosalyn Silva já avançou e foi apresentado na semana passada em Lisboa o seu atelier de alta costura com tecidos africanos, numa zona premium, Rua Castilho. Os tubarões Tim Vieira e João Rafael Koehler estiveram presentes. Em entrevista à revista ANA Rosalyn conta o seu percurso, que começou em Londres quando uma amiga chef pediu para ela fazer um fato para uma ocasião especial. Usou os padrões africanos e foi um sucesso, e terá sido essa sua amiga que a incentivou. Fez então uma pequena colecção, colocou no Facebook e começou a vender. Ela foi mesmo convidada para diversos programas de televisão, mas o problema sempre foi o capital necessário para dar o salto e agora foi possível.

Cada tubarão investiu 25 mil euros e vai servir para criar uma estrutura para a marca, ter uma pequena equipa e um espaço físico. Com toda esta exposição mediática Rosalyn Silva diz que as encomendas dispararam e o retorno vai chegar em breve. O objectivo para por entrar nos mercados internacionais.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo