Gossip

Rui Rodrigues deixa desabafo “pessoas sem escrúpulos”

Esta terça-feira, dia 1 de setembro, Rui Rodrigues, recorreu às redes sociais, para deixar um longo desabafo.


O tatuador revelou que está com dificuldades em ter acesso ao seu filho e explicou tudo num post na rede social Instagram.

“Um desabafo… Pessoas que utilizam filhos para chantagens emocionais e para magoar outras pessoas, são pessoas sem escrúpulos. Infelizmente estou privado ( eu e a minha familia) de saber como esta o meu filho só o podendo ver de 15 em 15 dias e apenas aos fins de semana“, começou por escrever o ex-concorrente do ‘Love On Top’.

Por vezes é me impossível fazer viagens de Porto-Algarve e gastar 300/400 eur em gastos para o ver, mesmo sendo só pra estar com ele meia dúzia de horas, sendo privado da minha privacidade e da minha vontade de estar exclusivamente com o meu filho. Nunca falhei nem faltarei às minhas responsabilidades, aliás, até porque maioria, para não dizer praticamente tudo o que o meu filho tem foi do meu bolso que saiu.
Poderia dizer muita coisa pelo que estou a passar, mas não vou expor muito mais o assunto”, acrescentou.

“Isto para dizer que nem todo o homem é filho da p*** e que muitas vezes são as mulheres que afastam os pais dos filhos, fazendo com que se cortem laços essenciais para o crescimento saudável de uma criança e de um ser humano. As pessoas tem que saber respeitar a vida de ambas as partes, porque no meio disto tudo , quem sofre mais é a criança“, referiu.

“Como pai sinto-me privado do papel que tento exercer e não faltar com nada ao meu bebé. Deus é grande e nele confiarei”, rematou.


View this post on Instagram

Um desabafo… Pessoas que utilizam filhos para chantagens emocionais e para magoar outras pessoas, são pessoas sem escrúpulos. Infelizmente estou privado ( eu e a minha familia) de saber como esta o meu filho só o podendo ver de 15 em 15 dias e apenas aos fins de semana. Por vezes é me impossível fazer viagens de Porto-Algarve e gastar 300/400 eur em gastos para o ver, mesmo sendo só pra estar com ele meia dúzia de horas, sendo privado da minha privacidade e da minha vontade de estar exclusivamente com o meu filho. Nunca falhei nem faltarei às minhas responsabilidades, aliás, até porque maioria, para não dizer praticamente tudo o que o meu filho tem foi do meu bolso que saiu. Poderia dizer muita coisa pelo que estou a passar, mas não vou expor muito mais o assunto. Isto para dizer que nem todo o homem é filho da p*** e que muitas vezes são as mulheres que afastam os pais dos filhos, fazendo com que se cortem laços essenciais para o crescimento saudável de uma criança e de um ser humano. As pessoas tem que saber respeitar a vida de ambas as partes, porque no meio disto tudo , quem sofre mais é a criança. Como pai sinto-me privado do papel que tento exercer e não faltar com nada ao meu bebé. Deus é grande e nele confiarei .

A post shared by RUI RODRIGUES (@rui.rodrigues.ink) on

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo