>
Geral

Rosa Grilo pode vir a sair da cadeira… devido a atrasos!


O Tribunal da Relação de Lisboa tem até 20 de setembro para decidir o recurso de Rosa Grilo e António Joaquim. Se tal não acontecer, ela que foi condenada a 25 anos de prisão, será libertada,

No entanto se os juízes decidirem na repetição do julgamento, o processo desde à primeira instância e Rosa Grilo é igualmente libertada.

O CM avança que este é considerado um processo urgente, mas ainda assim não existe feedback.


Em causa está o facto de o Ministério Público querer a condenação de António Joaquim, tal como Rosa Grilo, e para uma pena próxima dos 25 anos. Este é o motivo para que o caso não tenha transitado imediatamente para tribunal.

Existem ainda decisões contrárias: a absolvição na primeira instância e a condenação do Tribunal da Relação. O recurso passa para o Supremo Tribunal de Justiça.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo