Gossip

Quinaz REAGE à perda do filho em tribunal

«Nunca vi adotarem uma criança com o pai vivo»

Gonçalo Quinaz recebeu uma notícia que não estaria à espera. Acabou por perder o filho em tribunal, (aqui), ou seja, a tutela passou legalmente para o padrasto e nem passa até a usar o apelido Vargas.


À revista Maria disse, «Quando na vida se faz e se utiliza determinadas fraudes, até que a verdade venha ao de cima, ganham. Nunca vi adoptarem uma criança com o pai vivo, eu não fui informado de nada. O meu advogado não me consegue explicar isso. Como é que uma criança é adotada sem o pai biológico saber?».

Continua a não poder ver o filho, simplesmente porque a Nereida Gallardo, não permite.


«Eu nunca soube o porquê de ela não me deixar ver o meu filho. Penso que ela nunca soube lidar com a rejeição e acabou por ir por certos caminhos. Mas independentemente da relações terminarem, os filhos não tem culpa. Nunca tinha ouvido tal coisa. Eu tenho provas de ADN mostram que eu sou o pai dele. Esta adoção foi toda feita nas minhas costas».

O antigo futebolista ainda garante que desde o dia que o filho nasceu, que lutou por ele, apesar de a «ex» e o companheiro afirmarem que Quinaz só tentou algo ao fim de cinco anos.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo