>
TVI

Prisa avança mesmo contra Cofina e recusa «ameaças»

A Prisa não gostou da tomada de posição da Cofina, detentora da CMTV, e considera que “não é apropriado” renegociar com a Cofina o contrato de compra e venda da Media Capital.


Revelou ainda que “tenciona e vai continuar a perseguir todas as medidas e ações contra a Cofina na defesa dos seus interesses, dos acionistas e de outros afetados pela situação criada”.

Enviaram um comunicado à CMVM onde justifica a recusa de renegociação, por defender que “houve uma violação prévia do referido contrato pela Cofina”.

A Prisa“reitera o seu entendimento de que a Cofina violou o acordo […] na sequência do aborto voluntário ao aumento de capital aprovado pelos seus acionistas a 29 de janeiro de 2020”. Deste modo, “rejeita os pressupostos sobre os quais a Cofina pretende agora assentar a resolução do acordo”.


Cofina quer é comprar a TVI a preço (ainda mais) de SALDOS!!!!

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo