Pedro Miguel Ramos tem empresas penhoradas mas abre outras

[adrotate banner=”15″]

O marido da Fernanda Serrano viu as suas empresas falirem, tem penhoras e processos em tribunal. No entanto o Pedro Miguel Ramos já anda novamente no mundo dos negócios mas desta vez com a ajuda da mulher e mãe, que abriram várias empresas no seu nome e assim ele poder continuar a trabalhar.

Segundo a Nova Gente ele agora está aliado à Jerónimo Martins e a colocar produtos da marca Amo.te fora do país e segundo o antigo co-apresentador do Big Brother está a correr muito bem, após 4 meses de intenso trabalho fora de portas. Para já está a apostar no gin, azeite, vinho e conservas.

Pedro no entanto nega que seja sócia da mulher, “ela não tem nem nunca teve empresas comigo, foi sempre a minha mãe”. Ainda assim esclarece que no registo de mais uma uma empresa e por uma questão de lhe facilitar a vida, Fernanda Serrano teve em seu nome durante uns 2 meses uma das empresas dele, “a minha mãe estava doente no lar, e era complicado ir busca-la.”

Uma fonte anónimo conta à publicação que certo dia a mãe dele ao tentar ir fazer o registo ao notário, ela não sabia ao que ia, estava confusa, estava perdida. Por isso a mulher teve de assumir temporariamente o registo da empresa.