Gossip

OMG: Inês Castel-Branco queria ser rapaz e não se identificava como rrapariga

Luísa Castel-Branco algo inédito no Passadeira Vermelha acerca da sua filha Inês Castel-Branco. Durante muito tempo ela queria ser um rapaz e que não se identificava como uma rapariga.


Há crianças que se vê, desde pequenas, que são raparigas em corpos de rapazes ou rapazes em corpos de raparigas. Agora, aos três anos…”.

A Inês Castel-Branco “só tinha um desejo no Natal: acordar no outro dia [como um] rapaz (…) Ela só tinha irmãos e primos. Era só homens por todo o lado. No outro dia, acordava e chorava sempre porque ainda era rapariga. Digamos que, com os anos, isso passou. Era fácil de ver que era um sentimento de pertença, que ela queria fazer parte de uma família muito alargada com muitos rapazes”.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo