Geral

Luciana Abreu quebra silêncio sobre polémica dos bens penhorados

Estes dias, Luciana Abreu, que esteve no Dubai para gravar mais uma entrevista para o seu canal do YouTube, recebeu a visita da GNR e duas agentes de execução na sua própria casa.



A ocorrência teve lugar no passado dia 4 de Junho, numa altura em que Lucy se preparava para viajar para o Dubai.

Foi a assessora e amiga, Micaela Medeiros, quem recebeu os agentes em casa, para que pudessem fazer o arrolamento dos bens que se encontram no interior da habitação de Luciana Abreu, ou seja, a identificação, avaliação e discriminação, do recheio da casa.

António Leitão, advogado de Luciana Abreu, chegou ao local 30 minutos depois, para estar presente neste procedimento, mas acabou por abandonar o local 15 minutos mais tarde.

Entretanto, Luciana fez durante o dia de hoje uma publicação no Instagram a esclarecer tudo:

“Esta semana, um meio de comunicação social, publicou uma notícia dando a entender que, a LVAM Productions, estaria a ser objeto de diligências judiciais por dívidas.
Serve o presente comunicado para informar que a LVAM Productions não tem qualquer dívida a Trabalhadores, à Segurança Social, à Autoridade Tributária e a Fornecedores, sendo exemplo a declaração emitida pela autoridade tributária que se anexa.
Confirma-se assim não ser verdade, nem o motivo que originou a diligência judicial nem a alegada existência de dívidas da sociedade.”


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo