Laura Galvão tentou pôr fim à vida duas vezes “Eu tinha medo.”

Esta segunda-feira, dia 13 de Janeiro, Laura Galvão marcou presença no programa de Fátima Lopes, ‘A Tarde é Sua’, da TVI.


A atriz esteve a falar da forma como o pai a maltratava psicologicamente durante o tempo (2 anos) em que viveu com ele. Foi apenas com 14 anos que Laura Galvão decidiu sair de casa para ir viver com outra pessoa da família.

Foi uma decisão minha. Apesar de ser uma menina, achei que tinha de conhecer aquela pessoa, e fui. A minha mãe ficou mal, fiz a minha mãe sofrer muito. Ela avisou-me para eu não ir, sabia que não me ia dar bem ali, mas eu tinha que experimentar” começou por dizer.


A atriz recordou que nesses dois anos, a mãe da atriz nunca a conseguiu visitar: “Não tinha liberdade. Sair com amigas, passear… Isso não existia. Mais tarde, vim a saber que era vigiada na escola” prosseguiu. Apesar de nunca ter sido agredida fisicamente, a atriz confessa que as agressões verbais a levaram a tentar o suicídio por dias vezes. “Sentia-me sozinha. Estava destruída e com muita mágoa. Tinha acompanhamento psicológico porque tentei matar-me duas vezes com 14 anos”, confessou.

Eu tinha medo. Lembro-me do psicólogo me dizer que eu tinha de aprender a chorar, que eu não sabia chorar”, rematou