Gossip

Kim Kardashian apagada de site israelita ultraortodoxo porque é símbolo pornográfico

Um site noticioso israelita ultraortodoxo resolveu apagar a Kim Kardashian numa foto em que aparecia com o marido e presidente de Jerusalém, Nir Barkat.

A foto original foi tirada num restaurante onde Kardashian, Kanye West e Nir Barkat se encontraram em Israel, e o site Kikar HaShabbat colocou o recibo do restaurante para “cortar” a Kim.

Motivo? O editor do referido site, Nissim Ben Haim, conta que a decisão da remoção da estrela norte americana aconteceu porque ela é considerada um “símbolo pornográfico“, o que é contra os valores ultraortodoxos. Na realidade eles simplesmente não publicam mulheres no site, porque há uns tempos fizeram o mesmo com a Angela Merkel quando estava junto a alguns líderes mundiais.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo