>
GeralGossip

Jornal SOL: ‘O swag não é roupa, é atitude’

[wp_bannerize group=Geral random=1 limit=1]

Às quartas-feiras à noite a discoteca Lust, no Terreiro do Paço, em Lisboa, enche-se para as noites Swag On. Com ritmos de hip hop e R&B, aqui não há códigos de vestuário. A ideia é ser uma festa sofisticada, longe de estereótipos, onde cada um é livre para se expressar como quiser.

“As mulheres não têm swag. As mulheres têm classe”. Marta Silva, 21 anos, estudante de Sociologia, é rápida no gatilho. Tal como tantos outros, é-lhe difícil arranjar uma definição de swag. “Swag é atitude, Swag é Something We Africans Got”, diz, rindo. São cinco amigas, estudantes do primeiro ano de Sociologia, e hoje é dia de comemorar. Acabaram-se os exames, o primeiro semestre está feito. Vão dançar a noite inteira. Decidiram fazê-lo na discoteca Lust, no Terreiro do Paço, em Lisboa, onde todas as quartas-feiras a pista de dança se enche ao som das batidas de R&B e hip hop. São as festas Swag On, que há quase um ano animam a capital, organizadas pelo manequim Gonçalo Teixeira, pelo web designer João Relógio e pelo jogador de rugby João Mestre.

ler artigo completo

[wp_bannerize group=Geral random=1 limit=1]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo