Geral

Há 14 anos que as contas do Santuário de Fátima são ABAFADAS

Só em 2005 o Santuário arrecadou 17,2 milhões e em esmolas foram 9,3 milhões.

As contas do Santuário de Fátima não são tornadas publicas há 145 anos porque os bispos o têm impedido.


O padre Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário, já veio dizer que mal os bipsos queiram, as contas são tornadas publicas,

O CM ainda adiantou que órgão do Santuário é constituído por cinco bispos ou quatro se coincidir com os titulares de Leiria, Lisboa, Braga ou Évora. Tem ainda o Reitor.

Além disso o msm OCS adianta, «as contas da revisão da Concordata de 2004 ainda não foram todas atadas e um dos aspectos por resolver é a definição clara de que são imóveis ligados ao culto e, portanto, isentos de IMI».


As igrejas, capelas, basílicas e santuários não têm dívidas, mas residências e centros paroquiais, casas de retiros ou centro de formação e catequese já têm.

Existe mesmo um um litígio com a Autoridade Tributária desde 2004 e a Conferência Episcopal. Já se sabe que 70% das receitas deles são dos donativos dos fieis, e só em 2005 o Santuário arrecadou 17,2 milhões e em esmolas foram 9,3 milhões.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo