Home / Gossip / Empresa dos guarda-costas de Kim Kardashian abriu falência

Empresa dos guarda-costas de Kim Kardashian abriu falência




O assalto em França a Kim Kardashian continua a fazer correr tinta, e desta vez a imprensa britânica avança que o guarda-costas Pascal Duvier declarou falência da sua empresa de segurança privada.

Depois de ontem ter removido todas as fotografias das redes sociais onde aparecia junto da celebridade – alegadamente por prevenção de novos assaltos -, hoje surgem novos factos que incluem a declaração do advogado destacado para o caso de insolvência “Há imensas dívidas. Imensas reclamações“.

No entanto, este pedido de falência já tinha sido feito anteriormente ao assalto, mas levanta suspeitas sobre a situação financeira do segurança, e recorde-se que foi noticiada a possibilidade dos seguranças de Kim Kardashian poderem estar envolvidos no assalto.

A empresa de Pascal tinha o nome ‘ProtectSecurity’ protegeu celebridades como Fergie, Justin Timberlake, Christina Aguilera, ou Katy Perry ao longo de 19 anos.