Big BrotherGeral

Edmundo culpa ‘ex’ após morte de Angélico

A ex-namorada do cantor, e mãe do seu filho, revela, em exclusivo, que foi “muito difícil” conviver com ele depois do acidente. “Ele culpou-me por não ter vivido mais com o amigo. E tornou-se mulherengo!”.

Em Junho faz um ano que Edmundo Vieira rompeu a relação que mantinha com Andreia Azevedo, mãe do seu filho Miguel, de cinco anos. Em exclusivo à TV Guia, a jovem recorda os maus momentos do namoro de cinco anos e meio e os bons… após tudo terminar. Apesar de reconhecer que “é raro” a amizade ficar depois do amor, Andreia não esconde o carinho que ainda sente pelo cantor. “Temos uma óptima relação, até melhor do que antes. Há uma grande cumplicidade entre nós, sinto que é o pilar da minha vida, uma pessoa essencial, desabafo com ele.., mas só o vejo como amigo. Como homem e namorado não, nunca mais!“, afirma, convicta, apesar de revelar que o ex-sogro, Carlos Vieira, ainda acredita na reconciliação.

“Dou-me muito bem com os pais do Edmundo, principalmente com ele, que acha que somos teimosos e que um dia vamos resolver as coisas.” Andreia vive há um mês no Porto, a sua terra natal, e Edmundo até a ajudou nas mudanças. No dia em que recebeu o convite para participar no Big Brother VIP, o cantor rumou ao Norte para falar com o filho e a ex-namorada. “Ele quis contar ao filho pessoalmente, apesar do Miguel não perceber muito bem que trabalho é aquele. Sabe que o pai está na televisão e, de vez em quando, pede-me para ver. Eu dei-lhe o meu apoio, acho que é um grande desafio para ele, até porque sempre teve curiosidade de entrar num realityshow.”

MULHERENGO… POR CULPA DE ANGÉLICO

A amizade ficou depois do amor, mas o sofrimento vivido por Andreia Azevedo jamais será esquecido. “Hoje estou tranquila, mas em tempos fui uma mulher muito diferente. Éramos muito novos quando começámos a namorar. Eu sempre gostei muito mais dele do que ele de mim. Dei tudo pela relação, deixei de ter vida, mas entretanto chegou a fase da tortura. Já não fazia sentido estarmos juntos.”

A jovem explica porquê: “Quando o conheci era muito caladinho, tímido e reservado. Só se tor-nou mulherengo depois da morte do Angélico. Andou muito em baixo, mas guardava tudo para si próprio, nunca desabafava comigo. Parecia que tinha raiva de tudo e de todos… do Mundo, da vida! Até que um dia mudou de postura e soltou um desabafo. ‘Por tua causa não vivi mais momentos com o meu amigo, o meu irmão!’ Ele culpou-me por não ter vivido mais como amigo. Foi muito injusto! Tornou-se mulherengo e quis viver uma vida que não era a dele”, recorda. “Depois do Angélico acabar com a Rita Pereira queria era curtir a vida e convidava muitas vezes o Edmundo para sair com ele. Discutimos muito por causa disso, eu não aceitava aquela vida… sofri muito. Antes tinha vindo a gravidez. Não foi planeada, mas nunca pensei em abortar.” Depois da separação, em Junho de 2012, foram várias as mulheres apontadas como namoradas de Edmundo Vieira, entre elas Patrícia Candoso e Michaella Lima. Hoje, Andreia mostra-se indiferente, mas nem sempre foi as-sim.

“Fico triste e chocada com as notícias na Imprensa, magoa, claro. Mas depois passa-me. Já não tenho nada a ver com a vida dele, pode ter as aventuras e mulheres que quiser, desde que isso não interfira na educação do nosso filho. Ele já é passado!” Porém, a indiferença muda se a situação for dentro da casa… “Se ele se envolvesse no BB com alguém… sim, não ia gostar. Ficaria chocada, claro. Uma coisa é ler nas revistas, outra é ver com os próprios olhos. Tive uma pessoa especial e cheguei a estar no mesmo espaço com os dois. Nunca troquei carinhos com essa pessoa por respeito ao Edmundo.”

“CASO” COM FUTEBOLISTA

Na verdade, Andreia Azevedo também não perdeu tempo e conheceu uma pessoa especial. Enquanto Edmundo Vieira se divertia com outras mulheres, a jovem envolveu-se com um único homem. “É verdade que tive uma pessoa especial, mas já acabou. Ele sabia que eu não queria nada sério, nem uma relação estável. Foi uma amizade colorida, mas ele fez-me bem… hoje até já tem outra pessoa”, conta, sem querer revelar a sua identidade.

Apesar de querer manter no anonimato “o amigo especial” que conheceu, a TV Guia descobriu que o felizardo é futebolista. Daniel Candeias – que joga actualmente no Nacional da Madeira, mas já actuou no FC Porto – encantou-se pela bela morena, mas a relação durou poucos meses. Andreia chegou a ir visitá-lo várias vezes ao Funchal, mas o pequeno Miguel nunca o conheceu. “Eu nunca apresentei ninguém ao meu filho. Acredito que o Edmundo nunca o tenha feito também, mas uma vez o Miguel viu numa capa de revista o pai a beijar a Michaella. Não percebeu, pensava que era eu. Melhor assim… O meu objectivo é protegê-lo ao máximo”, conta.

Hoje, Andreia Azevedo está solteira e recorda com um sorriso a boa amizade que ficou com Edmundo Vieira. “Sei que fui muito especial para ele. Se assim não fosse, ele não sentiria a minha falta, não desabafaria comigo, não me ajudava, não me ligava… Ainda tenho a chave da sua casa, sou eu que trato de tudo! Há ainda uma grande cumplicidade entre nós, temos um passado juntos e um filho! Ainda pensámos voltar, mas nunca daria certo. Ficou muita coisa por dizer… Discuti-mos muitas vezes, porque sempre que tentá-mos conversar, recordámos o passado, mas esse ninguém o pode apagar… e a confiança deixou de existir. Nunca foi capaz de me pedir desculpa… mas eu merecia!”, finaliza.

Artigos Relacionados

2 Comentários

  1. alem de ser puta e mentirosa e feia andreia se fosse a ti mantia a boca calada tens muito que se descubra …. lembra -te da merda que fizeste …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo