Home / Geral / Daniela Pimenta: “Não quero homens”

Daniela Pimenta: “Não quero homens”

Daniela Pimenta diz que se despediu de vez da Casa dos Segredos. “Foi bom, mas agora quero andar com a minha carreira musical. Se no início abracei as presenças e todo aquele alvoroço, agora quero estruturar as coisas com cabeça. A loucura dos primeiros tempos, de sair todas as noites, quase me dava cabo da cabeça“, conta, depois de há dois anos ter entrado na Casa mais famosa do País, para onde regressou na versão Desafio Final, em Janeiro.

A música tornou-se a sua forma de viver e, além de trabalhos com Diego Miranda, assegura que actua com o MC Baila e os Explosão. “Eles querem produzir os meus singles mais virados para o afrobeat. Para já faço bom dinheiro com o que estou a fazer cá, mas quero expandir horizontes”. E é isso que vai fazer já a partir de Outubro. “O Verão está a correr-me muito bem. Não estou rica, mas fiz bom dinheiro. Tenho cantado por todo o lado e até já fui ao estrangeiro: Luxemburgo, Suíça.., esta quinta, 19, vou ao Brasil com o Eddie Ferrer e a tia Zulmira (mulher de Jesualdo Ferreira). Estou muito ansiosa. Vamos lá ficar uma semana. Depois sigo para a Jordânia. Vai ser maravilhoso”.

Solteira desde que terminou a relação com Arnaldo, Daniela fez uma nova tatuagem com a palavra Love (amor, em inglês), num dos dedos, mas assegura à TV Guia que não tem namorado. “Não estou apaixonada, não tenho ninguém, Para que é que vou ter homens? Para me chatearem a cabeça? Não quero justificar-me e explicar nada a ninguém, não tenho paciência. Não quero homens agora. É Verão e quero aproveitar a vida como estou a fazer hoje, aqui na piscina. Quando chegar ao inverno logo fala-mos. Nessa altura se calhar vou querer namorar“, diz com uma sonora gargalhada.

Mas terá a cantora ficado traumatizada com a relação com Arnaldo e as acusações que este lhe fez, dizendo que ela consumia cocaína? A jovem ri-se. “Sou uma pessoa superdivertida que gosta de sair com os amigos, nada mais do que isso. E não tomo drogas. Se bebo álcool, não nego. Todos o fazem… bebo os meus shots. Mas como sou sensível à bebida fico logo alegre, nunca posso exagerar.