Home / Cristiano Ronaldo / Cristiano Ronaldo recorda mulheres que lhe davam sobras no McDonald’s: “Quero encontrá-las”

Cristiano Ronaldo recorda mulheres que lhe davam sobras no McDonald’s: “Quero encontrá-las”

A entrevista que Cristiano Ronaldo deu a Piers Morgan ao canal ITV passou ontem na integra e ficamos a saber mais uma história da sua infância.


Quando era miúdo, com uns 12 anos, não tínhamos dinheiro. E vivíamos juntamente com outros jovens jogadores provenientes de outras zonas do País. Era um período complicado, sem a minha família por perto. Às 22h e tal ou às 23h, tínhamos fome e havia um McDonald’s por perto. Pedíamos os hambúrgueres que sobravam e uma senhora chamada Edna, mais outras duas raparigas, davam aquilo que sobrava. Espero que esta entrevista ajude a encontrá-las porque queria convidá-las para jantar comigo, em Turim ou em Lisboa. Quero poder devolver aquilo que fizeram por mim. Nunca me esqueci desse momento”, referiu.


Depois contou outra situação, em que uma vez tentou sair disfarçado em Madrid, “Falei com o Ricardo [Regufe] e disse para sairmos de casa. Então fomos com bigodes, adereços, perucas, um cabelo que era melhor do que o meu… Fomos a um hotel no centro de Madrid e as pessoas olhavam para nós a pensar que éramos algumas estrelas de rock. E combinámos que só falávamos em inglês. Quando fomos ao bar falei uma vez em português. Uma pessoa de lá chamou-me e segredou que sabia quem eu era. Fiquei mesmo chateado porque foi contar a todas as pessoas da discoteca e comecei a sentir que toda a gente sabia quem era… Mas ninguém se meteu comigo. Senti-me feliz e livre”.