Home / Brasil / Caso Neymar: Najila Trindade é indiciada por injúria, extorsão e fraude processual

Caso Neymar: Najila Trindade é indiciada por injúria, extorsão e fraude processual


Najila Trindade, a modelo que acusou o jogador brasileiro Neymar de violação foi agora indiciada pelos crimes de injúria, extorsão e fraude processual.

A decisão da Polícia Civil de São Paulo foi anunciada esta terça-feira, e a imprensa brasileira tem feito eco. A investigação da alegada violação foi concluída em Junho e arquivada em Agosto por falta de provas.


Com base no conjunto probatório reunido durante as investigações, a delegada decidiu pelo indiciamento de N. e Estivens Alves seu ex-companheiro, pelo crime de fraude processual (art. 347, parágrafo único, CP). Decidiu, ainda, por indiciar Alves pelo artigo 218-C, por divulgar material com conteúdo erótico de N. para um repórter, em troca de publicações suas na internet. Após o esclarecimento da materialidade delitiva, procedida à realização das respectivas perícias e oitivas, a autoridade também decidiu pelo indiciamento de N. nos crimes de denunciação caluniosa e extorsão”, diz o comunicado.

Imagens do quarto onde ocorreu a BRONCA entre Neymar e Najila Trindade