Big BrotherBig Brother - A Revolução

Big Brother – A Revolução: Pedro Crispim estica a corda: “A mãe [Sandra] vai ser uma corta tusas”

Pedro Crispim está forte no extra Big Brother – A Revolução e esticou a corda em directo. Digo isto no que toca ao palavreado.


Todos concordam que Jéssica [filha] está sempre muito condicionada pelos pais e esta é a oportunidade de se soltar.

Susana Dias Ramos atirou, «Acho que ela está a divertir-se, a aproveitar as festas, a aproveitar para conversar, e acho que isso é muito bom».

Marta Cardoso foi no mesmo sentido, «é uma miúda que tem sido um bocadinho enclausurada e tem ali a oportunidade de finalmente estar sozinha e de fazer e dizer aquilo que lhe apetece».


Por esta altura o Pedro Crispim diz que se Sandra entrar «vai ser uma corta tusas».

O Renato anda a dar em cima da fadista, e a Sandra já está borrecida, «Não é logo ao terceiro dia fazer caldinhos. Ela não está a sentir-se nada bem com isso, porque não é daquelas miúdas ‘ah, fui para lá para arranjar um namorado’. Ela é cantora, tem o restaurante dela, vocês não estão a ver os fãs que aquela miúda tem».


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo