TVI

Após ser afastada das tardes, Fátima Lopes desabafa “Aquilo que não dos destrói torna-nos mais fortes”

No seu blog, Fátima Lopes fez uma longa publicação, onde parece abordar indiretamente esse tema.


Recentemente, surgiram notícias de que o salário de Fátima Lopes iria reduzir substancialmente, e que a apresentadora da TVI, iria perder o seu lugar nas tardes da TVI.

Segundo a imprensa, Cristina Ferreira, ainda tem planos para Fátima Lopes, mas ao fim de semana.

No seu blog, Fátima Lopes fez uma longa publicação, onde parece abordar indiretamente esse tema.

Em boa verdade, ser resiliente é aquilo que nos é pedido cada vez mais e em doses muito grandes! E quando comecei a pensar no que é que eu queria transmitir, pensei: vou começar precisamente pelo significado da palavra «resiliência» no dicionário, porque talvez nos ajude a orientarmo-nos para o que esta característica significa e qual a importância que pode ter nas nossas vidas“, começou por escrever.

“A pessoa resiliente é aquela que, depois de sofrer um impacto ou deformação, tem a possibilidade de integrar essas vivências e experiências, sejam elas positivas ou menos positivas, e com isso evoluir. Portanto, ela não vai retomar a sua forma original. Vai, sim, ganhar uma outra forma, mais capaz, mais forte e também com mais competências“, acrescentou.


A apresentadora das tardes, deixou ainda “5 dicas para desenvolver a resiliência”:

1) Foque-se na solução e não no problema;

2) Procure distanciar-se em relação à situação que está a viver de forma a colocar-se no papel de observador e conseguir ver todas as variáveis que, eventualmente, lhe estejam a escapar;

3) Tire uns minutos por dia para respirar bem, para se ligar a si mesma/o, para ouvir o que diz o seu coração e a sua intuição. E, claro, seguir essa mesma intuição;

4) Não ceda ao medo. Pense que para tudo há uma solução. Como a minha mãe diz: «Só para a morte é que não há solução»;

5) Rodeie-se de pessoas que sejam positivas e que a/o ajudem a aumentar a capacidade de reagir proactivamente às situações. Afasta-se das pessoas tóxicas que não vão aumentar a sua resiliência, mas, sim, criar o padrão da vitimização“.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo