Geral

Angélico Vieira: Tribunal não aceitou vídeo do cantor a conduzir em excesso de velocidade

O tribunal de Aveiro recusou ontem o vídeo onde era possível ver o Angélico Vieira a conduzir em excesso de velocidade (210km/h) num Ferrari [ver aqui].

De acordo com o CM, a juíza entendeu que este vídeo não trazia nada de relevante para o que estava a ser discutido na acção. Este processo foi iniciado pelos pais da outra vítima mortal, Hélio Filipe, contra a mãe de Angélico, o stand Impocar e o Fundo de Garantia Automóvel. Querem 236 mil euros de indemnização. Já Amanda quer 6 milhões.

[adrotate banner=”15″]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo