>
Desafio Final 2Geral

Alexandra apanhada a fazer o impensável numa pausa do ‘ginásio’

[wp_bannerize group=Geral random=1 limit=1]

 

Durante uma pausa no ginásio, entre os pilates e os alteres, Alexandra Ferreira foi repor as calorias gastas com uma ‘bela’ refeição. “É tudo do ginásio!”

 

1902794_727562473929584_560171938_n

[wp_bannerize group=Geral random=1 limit=1]

 

Artigos Relacionados

4 Comentários

  1. Esta miúda está a fazer tudo mal. Geralmente o bulk é para pessoas muito magras ou bodybuilders que já têm um metabolismo bem elástico e conhecem bem o seu corpo. Ela arrisca-se a não conseguir perder gorduras localizadas quando fizer o cut (alem da celulite), ainda pra mais ela não tem um metabolismo rápido. Foi algum esperto do ginásio, que só treina peito, que lhe deu a dica. Isso de que o bulk é única maneira de construir músculo, ingerindo muitos carbohidratos (juntamente com proteina, claro) é um mito. Um exemplo do contrário, é o Tierry ou a Raquel Henriques, que pelo que vejo, nāo o fizeram. Apenas treinaram normalmente, ingerindo controladamente mais proteinas do que hidratos, e o resto foi esperar. Leva mais tempo, pois nāo se ganha naturalmente mais do que 5 quilos de puro músculo, mas é massa múscular efectiva, e não faz mal a saúde. Bodybuilding é uma questão de tempo e paciência até alcançar um bom corpo. Demora anos, 7-10 anos. A Alexandra se quer ter um rabo grande, simplesmente treina essa parte do corpo mais vezes por semana, e vai aumentado a carga gradualmente, e comendo limpo, controlando o número de calorias. Se o fizer, daqui a uns 2 ou três aninhos, terá um rabo como sonha, e sem celulite. Mas depois terá que o manter. Bodybuilding é simples, as pessoas é que complicam. E não tome suplementos, é tudo um engano. Todas a reposição de vitaminas, substancias e calorias de que precisamos após um treino, existe na comida. Os antigos Gregos não tinham suplementos, e não era por isso que não tinham um bom físico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo