Home / Geral / Pai da Fanny acusa João Mota de desprezar a filha e de ter faltado à palavra

Pai da Fanny acusa João Mota de desprezar a filha e de ter faltado à palavra

Fernando Rodrigues acusa: “O João Mota despreza a minha filha”

O pai da ‘princesinha’ de Oliveira de Azeméis critica o distanciamento de João Mota em relação à filha, que o ajudou a ganhar a ‘Casa dos Segredos 2’. Fernando Rodrigues confessa que está satisfeito com a experiência da filha ter entrado no Secret Story da TVI, mas não esconde alguma mágoa em relação ao vencedor da ‘Casa dos Segredos 2’ e acusa João Mota de ter faltado à palavra. Para o pai da Fanny o concorrente de

Albufeira não foi um justo vencedor, até porque a Fanny tem imensa popularidade. O Sr.Fernando apoia a jovem suíça na sua vontade de seguir a representação, mas afirma que a filha não é ‘fácil’ de levar, ao contrário de outras pessoas que conseguem seguir essa área.

 

Entrevista de Fernando Rodrigues na revista Telenovelas:


Qual a opinião da comunidade portuguesa na Suíça em relação a Fanny?

Fernando Rodrigues: Dizem que foi uma grande concorrente, mas as pessoas estão revoltadas pelo facto de o João Mota estar a desprezar a minha filha.

Concorda com essa ideia?

Fernando Rodrigues: Sim, está a desprezar a minha filha. Não sou o único a pensar desta maneira.

Ele justifica esta ascensão pelo facto de se ter rodeado das pessoas certas…

Fernando Rodrigues: No nosso caso, as pessoas certas para a Fanny, são os pais, no dele não sei…

Alguma vez negou apoio à Fanny?

Fernando Rodrigues: Nunca na minha vida deixarei de ajudar, caso ela precise. Mais uma vez, andam a inventar e a difamar a minha filha e família.

Mantém o seu desagrado por ela trabalhar na noite?


Fernando Rodrigues: Não é muito do meu agrado mas ela é que sabe da vida dela.

A ‘Casa dos Segredos’ foi uma boa experiência?

Fernando Rodrigues: Acabou por ser positiva. a Fanny tem imensa popularidade. É querida por todos em Portugal e na Suíça.

A vitória de João Mota foi justa?

Fernando Rodrigues: Analisando agora, penso que não. Agora é que vemos quem tem popularidade.

Sente-se magoado?

Fernando Rodrigues: Não. Fico um pouco preocupado pelo facto de ele ter faltado com a sua palavra. Prometeu uma amizade e, simplesmente, ignorou o que havia prometido.

 

O que pensa deste ‘boom’ de João Mota?

Fernando Rodrigues: Talvez ele esteja a viver num mundo que não é o dele. Tenho a certeza que, se fosse a Fanny a vencer o programa e estivesse numa situação destas, ela nunca iria desprezar quem quer que fosse.

 

Gostava que a sua filha entrasse na representação?

Fernando Rodrigues: Se ela gostar, nós apoiamos.

 

Há algum motivo para que isso não esteja a acontecer?

Fernando Rodrigues: Talvez haja pessoas mais ‘fáceis’ de levar do que ela.

Mais ‘fáceis’?
Fernando Rodrigues: Sim. Mais ‘fáceis’ de levar pelo vento e a Fanny não é pessoa de se deixar levar. Ainda pesa um bocadinho…

Gostaria que o João Mota tivesse uma conversa com a sua filha?

Fernando Rodrigues: Deveria, no mínimo, cumprir a sua palavra e manter a amizade.

E a promessa de ele vir à Suíça?

Fernando Rodrigues: É mais uma. Mas já sabemos que de ‘promessas está o mundo cheio’.

Gostava que a Fanny voltasse para a Suíça?

Fernando Rodrigues: Na Suíça ela tem o pão seguro.