Home / A Quinta / Opinião: O balanço negativo de A Quinta. Venha o próximo.

Opinião: O balanço negativo de A Quinta. Venha o próximo.

A Quinta está na recta final e no dia 3 começa uma nova edição, A Quinta – Desafio. Irá contar com antigos concorrentes de reality shows, mas deverá ir além de participantes da Casa dos Segredos.

Espero efetivamente que a dinâmica seja diferente, porque A Quinta correu mal em tudo: audiências, erros de castings, anti-jogo ao mais alto nível e favorecimentos. Neste último ponto, o dioguinho chegou a abordar várias pessoas e causou algum desconforto, principalmente com a lata e coragem de ter feito tais perguntas.

Outra coisa que sempre percebi, é que mesmo quando perdem, assumir o erro… está fora de questão.

Certo é que coisas estranhas aconteceram, casos abafados (sem necessidade), e ainda claras preferências. Exemplos? Marta Cruz e Quinaz até pediram para ir até ao palheiro (diversas vezes) falar em privado, passaram essas imagens mais tarde? Não.
Eles (e não só) muitas vezes falaram em código, e a produção nem aviso dava, limitava-se a filmar e a aumentar o som do micro. Nos dias que correm dão logo um aviso. Castigos? ZERO.

A Romana e Luna iam para a zona dos porcos falarem, e tiravam o microfone. Foram os próprios colegas que denunciaram a situação. Pedro, o anónimo que entrou n’ A Quinta, foi convidado pela produção, ou seja, não se inscreveu [dito por ele]. Nestes e outros casos de pura insolência e insubordinação é culpa da produção porque permitiu e não cortou o mal pela raiz ao inicio, depois já era tarde. Além disso isto abre precedentes.

Marta Cruz saiu da Quinta três dias e diz que não falou com ninguém, mas uma das filhas já fala e entende bem as coisas, mas cada um acredita no que quer. Ela ainda ontem (29 DEZ) garantiu que falou com a mãe, mãe do Quinaz e outros.

O processo do acidente da Kelly Medeiros foi na minha opinião mal gerido, poderiam e deveriam ter informado os seguidores que tudo estava bem. Aliás, foi isso que o dioguinho fez na altura para tranquilizar tudo e todos. Afinal, acidentes acontecem. Apesar que ela teve convulsões dentro da casa e quando regressou foi proibida de se queixar das dores, mas claro, estas informações nunca são confirmadas pela produção.

Poderia dizer mais não sei quantos erros (ex.  diário da noite), mas seria bater no ceguinho. Certo é que o que fui dizendo ao longo destes três meses, quase tudo bateu certo, e apesar que não admitam que foi falhanço ou que foi o pior RS em 15 anos, a verdade é que o foi.

O novo RS que venha com estratégias bem definidas e não usem A Quinta como exemplo, porque o povo não perdoa como viram, e fazer um segundo RS nos mesmos moldes poderá ditar a separação definitiva de certo publico, principalmente pela descredibilização, e de ser tudo chapa 5.