Home / Gossip / Eduardo Beauté agrediu o ex-marido Luís Borges

Eduardo Beauté agrediu o ex-marido Luís Borges

Eduardo Beauté agrediu o ex-marido Luís Borges. Esta situação não é nenhum boato ou o diz que disse, é que foi o cabeleireiro a contar tudo nas redes sociais e admitir tal situação.

A atitude de admitir tal situação que nem tinha vindo a público é que ele terá sido alegadamente ameaçado de as fotografias serem publicadas após mais uma discussão entre o antigo casal. Para que não houvesse mais ameaças (chantagem?) ele contou tudo.


BOA TARDE…

Mais uma vez, ontem já bastante tarde voltei a ter mais um desentendimento com o Luís Borges, ele postou na sua página do Facebook uma foto da MINHA FILHA LU nos Gobos de Ouro. Pedi-lhe que retirasse a foto, para além de termos sido um ex casal, conviveu um ano e tal com o MEU FILHO EDU e cerca de dois anos e meio com a Lu, que por razões óbvias e já havendo um filho, o Bernardo, esse sim, nosso filho Juridicamente, o que o obriga a deveres e direit. Os outros só tiveram alguns laços de afeto quando vivemos juntos enquanto casal. O que terminou, e como tal os meus dois Chocolatinhos continuam como sempre só meus filhos e sem qualquer vínculo ao Luís Borges, até porque durante o tempo que conviveu com eles, por ser casado comigo e vivermos todos na mesma casa, em momento algum ele partilhou qualquer despesa com as crianças, inclusive nas do unico filho que ainda temos em comum. Nunca foi uma pessoa presente na vida destas crianças e muitas poucas vezes eles receberam afeto ou gestos de amor. Se desde Janeiro passou a assumir simplesmente o colégio das crianças, foi por muita insistencia do seu advogado, pois até esse compromisso ele tentou sempre fugir, alegando que se já não vivia com eles não tinha de ter essa drspeza. Neste ultimo desentendimento ele enviou-me esta a msg na noite passada:

“NÃO ME METES MEDO NENHUM. VÊ LÁ SE QUERES QUE TORNE PUBLICAS AS FOTOS DA AGRESSÃO QUE SOFRI. TENHO VÁRIAS.
FICA BEM E TRATA BEM DOS NOSSOS FILHOS”.
De Luis Borges


Pois foi verdade, à umas semanas ele veio até minha casa, trazido por duas amigas nossas para tentar que tivéssemos uma conversa amigável e saudável para chegarmos a acordo em alguns pontos que não estavam bem resolvidos. O Luís sentou-se num dos meus sofás na minha sala e eu noutro em frente, o clima estava tenso, as nossas amigas decidiram retirar-se para nos deixarema sós e á vontade com o pretexto de irem fazer um chá.
Não passou muito mais de um minuto que a conversa descambasse​, porque o Luís partiu logo para o agressão verbal, como já vinha sendo hábito á cerca de três anos, essa foi talvez a maior razão do nosso divórcio. Começou por me chamar de bipolar, mentiroso compulsivo e que eu recebia homens para dormir comigo na frente dos meus filhos. O que de todo não corresponde á verdade, em hipótese alguma isso poderia acontecer, pois o respeito pelos meus filhos está a cima de tudo. Foi aí que eu perdi o controle em mim. Pois ele estava a difamar-me e a levantar falsos testemunhos. Foram muito fortes e agressivas as ofensas à minha pessoa, mas a última que eu considero mais que uma ofensa, foi o inventar de uma calunia, essa foi a que me levou a desorientar-me. Sim, têm toda a razão, a violenvia não resolve nada, mas tambem o velho ditado diz, “Quem não se sente não é filho de boa gente”. Levantei-me e dei-lhe uma surra que lhe deixou algumas marcas físicas, mas ainda assim, nenhuma lhe doeu mais do que eu ouvi ao longo de cerca de três anos sair daquela boca sempre dirigido-se a mim para atacar o homem que mais AMIGO e COMPANHEIRO havia sido em toda a sua vida. É obvio que tudo isto aconteceu já tarde e na ausencia dos que eu mai protejo, os meus “Ficha Tripla” que dormiam profundamente nos seus quartos, afastados e sem a possibklidade de presenciar tal cena.

O Luís nunca se manifestou desde a nossa separação, o que na opinião de muitos, parece uma atitude correta, mas o SILÊNCIO tem dois significados, INTELIGÊNCIA ou COVARDIA e posso garantir-vos que a do Luís é pura covardia. Tudo fiz depois de ter batizado os meus dois Chocolatinhos em Janeiro para que ele se reaproximasse das crianças que lhe tinham algum carinho, voltei a abrir-lhe a porta da minha casa, algumas vezes fui eu a pedir-lhe que levasse os meninos a passear. Mas era tudo muito forçado e em pouco tempo voltou a distanciar-se das crianças, ao que tive de recorrer a uma psicóloga da Clinica da Mente para ajudar a minha filha que era a que se apercebia mais do desprezo que ele dava ás crianças.
Sendo que desta vez eu voltei a fazer o que para muitos não está certo, e na verdade para mim também se poderia ter resolvido muita coisa doutra forma que não esta, mas o Luís é especial, traz consigo traumas e fantasmas já desde a infancia, que não dá para conversar com ele, mas ele tem de saber no que está errado para um dia não ser só o que ele tem de melhor, ser amigo, mas também tornar-se num bom ser humano e aí talvez possa vir a ser um bom pai é tornar uma família tranquila e saudável.
Aqui fica a resposta sem medos á última ameaça que me faz de mostrar públicamente as fotos da sova que levou, antes de ele as publicar eu deixo a minha versão dos casos e que é a mais pura das verdades.
Só voltei a recorrer a esta situação de me justificar, porque o Luis alega com frequencia que eu não o deixo ver as crianças, o que não é verdade, simplesmente com as longas ausencias, foi-me recomendado que as protegesse. Ainda assim ele chegou na ultima vez de NYC, onde esteve mais de um mês e só procurou o unico filho, o Bernardo uma semana depois.
INFELIZMENTE tuda a nossa vida se tornou publica porque fomos um excelente exemplo, mas eu nunca previa que um dia o Luis fosse para o Bernardo, aquilo que a progenitora do Luis foi para ele. E ao receber ontem a sua msg de ameaça em que ele me diz ponderar a hipótese de expor publicamente umas fotos que ele diz ter com as marcas de violência, eu senti-me na obrigação de justificar a causa dessa situação de violência. Para mim já teria terminado este tipo de exposição, que para além de deselegante é a forma mais leviana de resolver o quer que seja. Mas por vezes somos forçados a este tipo de decisões, mesmo contra a minha natureza.

PS, esta é a minha página de Facebook, usu-a para tudo o que eu achar conveniente, por essa razão, qualquer comentário depreciativo ou negativo a este assunto, para alem de ser eliminado, quem o fizer será também bloqueado. OBRIGADO

Eduardo Ferreira

loading…


Loading...