Home / Geral / Diogo diz que o pai da Fanny está inválido e só quer festas e copos

Diogo diz que o pai da Fanny está inválido e só quer festas e copos

Um ano depois, a novela que “animou” a segunda temporada da ‘Casa dos Segredos’, Fanny e Diogo, ainda continua a ter destaque na imprensa. Diogo Cruz em entrevista à revista Ana diz que não perdoa tudo o que os ex-sogros disseram dele e parte para o ataque.
Para ele, eles estão a semear o que colheram, “Não tenho pena deles“, e acusa Fernando Rodrigues, “está inválido, mas está sempre em Portugal porque só quer é festas e copos“.

Em outubro de 2011 , Fernando Rodrigues acusava o DJ de ser desleal para com eles, chegando mesmo a afirmar que tinha a certeza que ele já tinha traído a filha. Passado um ano, parece que é a vez do pai de Fanny estar sob fogo cerrado, depois desta semana ter revelado que está separado da mulher e em simultâneo ter assumido uma nova relação.

Diogo não perdoa o ex-sogro e parte ao ataque. “Fiquei boquiaberto. Aquela família destruiu-se num programa de televisão. Destruíram-se a eles próprios porque não souberam gerir a fama”, começa por dizer o DJ à revista Ana, continuando as críticas: “Pela boca morre o peixe. O sr. Fernando foi pouco inteligente. Apontou-me o dedo, levou-me à praça pública e de repente faz pior do que eu. Eu nunca traí a Fanny [Diogo Cruz revelou recentemente na imprensa que traiu Fanny com Alexandra da Casa dos Segredos 3], limitei-me a aparecer com amigas, mas ele agora aparece com outra mulher e faz questão de frisar que é amor.”

[wp_bannerize group=”Geral” random=”1″ limit=”1″]

O ex-noivo da Fanny viveu durante dois anos na Suíça em casa dos pais de Fanny, mas regressou a Portugal quando a namorada começou a aproximar-se de João M. O sr. Fernando nunca lhe perdoou o facto dele ter partido sem se despedir deles e iniciou uma campanha contra o jovem. O DJ continua agradecido por tudo o que fizeram por ele na altura, mas considera que o que se seguiu não tem perdão.

“Não tenho pena deles, porque aquela família está a colher o que semeou. Uma coisa posso garantir: o sr. Fernando nunca mais vai encontrar uma mulher como aquela. Ela trabalha que se farta. Trabalha mais que um homem, das seis da manhã às nove da noite, porque tem dois empregos.

Seja como for, sinceramente, é bem feito o que se está a passar com eles, porque chamaram-me de tudo e no entanto afastei-me das revistas e continuei a trabalhar devido ao valor do meu trabalho. Já eles nunca desistiram da fama e agora têm a família a desmoronar-se”, revela. O sr. Fernando é o principal alvo de Diogo. Naquela casa, só uma pessoa merece o seu respeito e apoio: Carina, a irmã de Fanny. “Soube que ele está muito arrependido do que fez na televisão e hoje não fazia nem metade”.

[wp_bannerize group=”Geral” random=”1″ limit=”1″]

É assim, está a pagar pelo que fez. Fartou-se de criticar e agora está a fazer um papel pior do que aquele que a filha fez na Casa. Um homem casado, com duas filhas, que está inválido, mas está sempre em Portugal porque só quer é festas e copos. Tenho pena da filha mais nova, porque tem dez ou 11 anos e deve estar a sofrer muito. É uma criança, é inocente no meio disto tudo e não merecia“, conta à mesma publicação.

No final, Diogo deixa mais um recado para a ex-namorada: “Gostavam de se armar em superiores. Onde está o dinheiro que se gabavam ter? Agora, a Fanny nem sequer sai de casa porque não tem dinheiro para sair”.