Home / Geral / Como usar o Netflix em Portugal

Como usar o Netflix em Portugal

Update: Netflix chega a Portugal em Outubro

Vi hoje um post no Facebook do Nuno Markl que dá dicas de como aceder Como usar o Netflix em Portugal mesmo não vivendo nos países onde está o serviço activo. Não é ilegal usar o serviço desta forma, mas óbvio que vai retirar publico aos cinemas e/ou clubes de vídeo. Bom isto pela lógica de algumas entidades em Portugal que mesmo atacando sites ilegais, as pessoas podem facilmente usar sites e servisço legais e sabem quantos euros vão para a economia em Portugal? ZERO!!!

Bom, só falta agora chamarem o Nuno de pirata 🙂

Sim, eu vejo o Netflix em Portugal. E pago, legalmente, pelo serviço. A coisa só não é inteiramente legal porque – tal como acontece com os DVDs de região 1 que continuamos a comprar e a ver há anos em leitores devidamente desbloqueados (até pelas próprias lojas), as limitações regionais continuam a ser um (quanto a mim) obsoleto obstáculo.

O que se passa é que, ao contrário de outros serviços como o Hulu, que é aguerridamente respeitador da divisão do globo em zonas estanques e inultrapassáveis, os senhores do Netflix são mais liberais. O bloqueio existe mas é ultrapassável porque, grande diferença em relação a outros serviços, o Netflix aceita cartões de crédito não-americanos. Para os usar é só preciso entrar no site – e aqui começa a saga. É uma saga breve e que envolve gastos. Mas é baratíssimo tendo em conta tudo o que o Netflix dá.

Antes de mais: para ter Netflix é aconselhável saber inglês. O serviço – excepto na loja brasileira – não é particularmente rico em legendas em português. Por isso, e apesar de não ser muito caro, pensem bem se isto vos convém.

Se vos convém, funciona assim:

1) Abram conta no serviço Unblock-US – http://www.unblock-us.com. É barato, sério e profissional. O que isto faz, por 5 dólares mensais (em Portugal isto nem a 4 euros deve chegar) é abrir as portas do Netflix. É fácil e rápido de configurar e, dentro da vossa rede wi-fi, podem fazê-lo não apenas no computador, mas em smartphones, tablets e até Smart TVs (sim, se têm uma podem ver o Netflix em todo o esplendor do ecrã da sala de estar). Está lá tudo explicado.

2) Depois de abrirem conta no Unblock-US, uma visita ao Netflix – http://www.netflix.com – abrirá totalmente o site às vossas mãos e aos vossos olhos ávidos de doses generosas de entretenimento.

3) Abrir uma conta no Netflix custa cerca de 8 dólares mensais. Em euros, deve dar uns 6, mais coisa menos coisa. Ao todo, o Netflix custa-vos cerca de 10 euros por mês, o que é pouco dado tudo o que nos oferece. Para abrir conta no Netflix sigam as indicações no site. Tenham apenas em conta que, no espaço destinado ao código postal, deverão introduzir 5 algarismos e nenhum traço. Ou seja, se o vosso código postal for 1500-338, o que deverão introduzir no espaço destinado ao código postal é 15003 (por exemplo).
4) A vantagem de ter o Netflix associado ao Unblock-US é que o Unblock-US abre-vos não apenas o Netflix americano, mas todos os que existem – EUA, Canadá, Inglaterra, Irlanda, México, Brasil, Suécia, Dinamarca, Noruega, Finlândia, Holanda. E sem custos adicionais. Na página principal do Unblock-Us há um menu pop-up que vos permite seleccionar a versão do Netflix a que querem aceder a qualquer momento que vos apeteça e sem mais gastos. E antes que se questionem “para que quero eu visitar o Netflix da Noruega”, convém saberem que vale muito a pena ter acesso a todos. Os direitos de transmissão de certas séries e filmes variam e, ironicamente, há produções americanas de valor que estão autorizadas a ser exibidas no Netflix fora dos EUA. Exemplo: o Breaking Bad. No Netflix USA está disponível até metade da temporada 5. O Netflix Inglês exibiu todos os episódios ao ritmo da transmissão na América! Cerca de 8 horas depois da exibição americana estava lá cada novo episódio.

É claro que seria óptimo haver um Netflix português. E esse deverá ser o caminho, tal como o Spotify para a música. Enquanto não há, aderir através destes atalhos é contribuir para o sucesso de um serviço nobre que está a revolucionar a maneira não apenas de ver mas de fazer televisão. E se têm dúvidas, vejam House of Cards, Orange is the New Black, Derek ou a mais recente temporada de Arrested Development. Tudo produções Netflix.

Espero que dêem bom uso à dica. Divirtam-se valentemente.

Loading...