Home / Geral / Brasileiro que foi ao seu próprio velório cansado da fama

Brasileiro que foi ao seu próprio velório cansado da fama

Recorde-se que o caso insólito aconteceu no passado domingo, na cidade de Alagoinhas, a cerca de 100 quilómetros de Salvador, no Brasil.

Os familiares de Gilberto Araújo, de 41 anos, lavador de automóveis de profissão, enganaram-se quando acorreram ao Departamento da Polícia Técnica para reconhecer um corpo e tomaram-no – dada a semelhança – como sendo o de Gilberto.

Trouxeram-no para casa, encomendaram o caixão e, no domingo à noite, receberam amigos e familiares para o velório.

[wp_bannerize group=”Geral” random=”1″ limit=”1″]

Gilberto veio a descobrir o que se passava quando telefonou para um amigo que – claro – estava no velório. O amigo ficou incrédulo e disse que só podia ser brincadeira porque estava justamente no seu velório.

Então, Gilberto correu a casa para confirmar a notícia.”Foi um susto. As meninas caíram, desmaiaram, Teve gente correndo. A rua encheu de moto, de carro, de tudo”, disse ao jornal “O Globo” a vendedora Maria Menezes.

Agora, Gilberto Araújo é uma estrela. Deu entrevistas às estações de televisão, rádios e jornais e é reconhecido na rua como o “morto-vivo”. Já estou cansado desse negócio. Não consigo dormir mais. Estou exausto”, relata em entrevista ao Globo.

[wp_bannerize group=”Geral” random=”1″ limit=”1″]

Há também que afirme que este caso foi pensado para dar publicidade ao lavador de automóveis, facto que Gilberto desmente. Se o insólito serviu para alguma coisa foi para demonstrar “o quanto a família o ama”, garante o brasileiro.