Home / Geral / Alexandra Lencastre está esquisita com as plásticas

Alexandra Lencastre está esquisita com as plásticas

Alexandra Lencastre decidiu recorrer mais uma vez à estéticapara contornar os sinais da idade. Porém, o resultado acabou por deixar o rosto da actriz, de 47 anos, irreconhecível. Nos corredores das gravações da nova telenovela da TVI, ‘De Mulher para Mulher’, o assunto tem sido dos principais temas de conversa.

“Quando a vimos, nem queríamos acreditar”, começa por contar àVidas uma das actrizes com quem Alexandra Lencastre contracena. E acrescenta: “Ela ficou completamente diferente depois do tratamento que fez. Perdeu a expressão toda da cara, e até aquelas covinhas que tinha quando se ria deixaram de existir. Ficou com a cara inchada.”

[wp_bannerize group=”Geral” random=”1″ limit=”1″]

BOTOX E OUTRAS SUBSTÂNCIAS

Ao contrário do que aconteceu noutras ocasiões em que recorreu à estética, desta vez Alexandra Lencastre não teve pudor em assumir que tinha tratado o rosto. A actriz injectou um cocktail de vitaminas e botox no rosto, em várias sessões. E foi o próprio médico que falou sobre o assunto.

“O objectivo deste tratamento foi fazer algo que a tornasse mais jovem de uma forma natural. Por isso, foi feito em toda a face, no pescoço, nos lábios, e contribui para um processo de envelhecimento mais lento”, fez saber publicamente Vítor Figueiredo, médico daClínica Milénio, em Lisboa.

Dado o acordo da Endemol, produtora de vários programas da TVI, com a referida clínica, Alexandra Lencastre decidiu ainda fazer um branqueamento dentário. “Fiquei muito entusiasmada. Desde o programa ‘A Tua Cara Não Me É Estranha’ que, devido ao facto de a Endemol ter um convénio com a Clínica Milénio, eu tive direito a ir lá fazer um tratamento ou aconselhar-me”, avançou na altura a actriz.

 [wp_bannerize group=”Geral” random=”1″ limit=”1″]

PÁLPEBRAS REDUZIDAS

Além da introdução de um complexo vitamínico no rosto e de botox, e ainda do branqueamento dentário, Alexandra Lencastre, mal acabou o programa ‘A Tua Cara Não Me É Estranha’, onde era jurada, repetiu a blefaroplastia, a que já se tinha submetido em 2010. A actriz voltou assim a reduzir o excesso de pele nas pálpebras. Sem este procedimento, a diva da TVI começaria mais uma vez a perder a visão periférica.

Ao longo dos anos, Alexandra Lencastre tem-se mostrado uma mulher preocupada com a imagem e tem feito de tudo para a manter. “Ela é uma mulher cuidadosa e sofreu muito quando começou a ver as rugas a aparecerem, o corpo a mudar e a engordar”, conta à Vidas fonte próxima da actriz. E acrescenta: “Apesar de ter ficado muito diferente do que era, a Alexandra está muito feliz com o resultado. Ela é uma mulher vaidosa e tem muita dificuldade em confrontar-se com os sinais da idade.”

 
La Redoute Todas as suas marcas preferidas no maior site de moda

LIPOESCULTURA

Farta de ver a balança a acusar mais peso e a roupa a aumentar de número, Alexandra Lencastre também aproveitou as férias para tratar da silhueta e decidiu fazer mais uma dieta. Porém, apurou a Vidas, antes a actriz recorreu à cirurgia estética para remodelar o corpo. “A Alexandra percebeu que o melhor era fazer lipoescultura para retirar gorduras em excesso e foi o que fez. Agora tem tido muito cuidado com a alimentação para manter a linha. E o resultado é evidente”, conta a mesma fonte.

Certo é que, com todas as alterações que Alexandra Lencastre levou a cabo nos últimos meses, acabou por ficar mais parecida com a meia-irmã, a jornalista Ana Ribeiro, com quem nunca teve uma relação familiar.

“É inegável. Toda a gente diz que elas estão superparecidas. As feições da Alexandra mudaram. Nos olhos e nas maçãs do rosto, elas estão mesmo muito parecidas”, diz à Vidas um actor da novela ‘De Mulher Para Mulher’, que prefere manter o anonimato. “Nós já sabemos como a Alexandra é e por isso ninguém lhe diz que está parecida com a Ana Ribeiro, mas o certo é que está. Neste momento, ela está muito concentrada nas gravações e por isso também ninguém a quer irritar”, refere a mesma fonte.

Vidas tentou contactar Alexandra Lencastre, mas tal não foi possível até ao fecho da edição.